top of page
Search

NA CASA DE PORTUGAL, MARTA SUPLICY SE FILIA AO PT, EM ATO COM LULA PARA SER VICE DE GUILHERME BOULOS EM SÃO PAULO.

Reportagem: Caroline Rossetto

 

Na última sexta-feira, dia 02 de fevereiro, o presidente Luis Inácio Lula da Silva, esteve na Casa de Portugal, no bairro da Liberdade em São Paulo para participar do ato de filiação da ex-prefeita da capital, Marta Suplicy, ao PT (Partido dos Trabalhadores) que será candidata a vice na chapa de Guilherme Boulos a Prefeitura de São Paulo.

 

Essa filiação marca o retorno de Marta ao partido, nove anos depois de sua saída, após críticas à operação Lava Jato.

 

Na cerimônia, repleta de discursos, Marta Suplicy diz estar feliz por estar “de volta ao ninho” e que São Paulo precisa voltar a ter diversidade econômica, social, cultural e ter o olhar voltado para as questões sociais e os mais excluídos.

 

O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) nos contou o que achou da solenidade:

 

“A cerimônia foi muito simbólica. O acerto interno que o PT tem que fazer, com a trajetória da Marta, é um problema do PT. O PSOL é candidato à prefeitura de São Paulo e ele precisa agregar gente. E eu acho que a Marta Suplicy, mesmo com suas contradições, agrega valor à chapa. E é isso que importa para derrotarmos o bolsonarismo, que é o ódio e a intolerância”, diz ele.

 

O evento foi na Casa de Portugal, no bairro da Liberdade e contou com pessoas do mais alto escalão do partido e presenças importantes de lideranças da esquerda. Esse ato contou com a presença de quase 2000 populares e personalidades como a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, a primeira dama, Janja da Silva, Jilmar Tatto, Eduardo Suplicy, a vereadora Luna Zarattini e muitos outros presentes, que foram contemplar a cerimônia.

 



 



 A Central de Notícias da Rádio Dalila é uma iniciativa do Projeto O MOVIMENTO HIP HOP E AS RÁDIOS”. Este projeto foi realizado com o apoio da 7ª Edição do Programa Municipal de Fomento ao Serviço de Radiodifusão Comunitária Para a Cidade de São Paulo.

Os conteúdos ditos pelos entrevistados não refletem a opinião da emissora.

 

 

Commentaires


bottom of page