top of page
Search

Após anos de espera metrô deve chegar ao Jardim Ângela

O Contrato que autoriza o início das obras, foi assinado pelo Governador Tarcísio de Freitas

 Por Romulo Bonfim


Os moradores do Jardim Ângela, extremo sul da capital paulista, após anos de espera, terão a extensão da linha − 5 lilás do metrô. O termo do aditivo que autoriza o início das obras foi assinado pelo Governador do Estado, Tarcísio de Freitas, em cerimônia no último dia 21 de junho.

Serão construídas duas estações, a Comendador Sant’anna e Jardim Ângela. A estimativa do governo do estado é que com a chegada do metrô ao bairro, 650 mil passageiros deverão ser atendidos.

Atualmente o ramal tem 20 km e dezessete paradas, conectadas a partir da Chácara Klabin (Linha-3 Verde) ao Capão Redondo. Após a ampliação, serão dezenove estações, totalizando 24 km de trilho.

A moradora do Capão Redondo, Valdirene Vidal, comenta que a chegada do metrô em uma região carente de transporte público é a realização de um sonho, porém, não acredita que a obra seja concluída no prazo.

“Eles falam que em quatro anos teremos as duas estações, só que esses quatro anos viram vinte. O bairro evoluiu e é ótimo para se morar, porém, o prazo é incalculável. Para mim é desestimulante”, desabafa Valdirene.


O início das Obras


Prevista para começar, no primeiro trimestre de 2025 e com expectativa de entrega para 2028, a expansão da Linha-5, segue sob responsabilidade da ViaMobilidade, concessionária que atua na administração das linhas, 8-Diamante e 9-Esmeralda de trens metropolitanos de São Paulo, além da futura Linha-17 Ouro de metrô.

Segundo o Governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, apesar da complexidade de uma obra de metrô, o prazo estipulado para a entrega das estações está viável de acontecer. “Mas esse cronograma é factível de acontecer.

Uma obra de metrô leva tempo, às vezes avança 4 ou 5 metros por dia, depende da geotecnia do solo. A gente tem que dar o primeiro passo, trabalhar com recursos assegurados, contrato assinado, compromissos estabelecidos e ter a sua entrega em 2028”, comenta Tarcísio.




A Central de Notícias da Rádio Dalila é uma iniciativa do Projeto “O MOVIMENTO HIP HOP E AS RÁDIOS”. Este projeto foi realizado com o apoio da 7ª Edição do Programa Municipal de Fomento ao Serviço de Radiodifusão Comunitária Para a Cidade de São Paulo.

Os conteúdos ditos pelos entrevistados não refletem a opinião da emissora.

 

Comments


bottom of page